Ordem no Caos

Um dos maiores desafios que o trader enfrenta é ter a determinação de fazer a mesma coisa em qualquer situação. É frustrante você fazer a coisa certa e ainda perder dinheiro. Mas essa é a realidade da bolsa.

Se você decide fazer algo diferente toda vez que opera, não vai construir um método único e eficaz. A eficácia não está alicerçada na capacidade inicial de acerto da estratégia, mas na possibilidade de aperfeiçoamento.

E só se alcança o aperfeiçoamento se você registrar suas operações identificando seus erros e acertos. É melhor começar perdendo e diminuir os prejuízos à medida que vai operando, do que começar ganhando para então começar a perder.

A frustração de não conseguir manter os ganhos pode gerar uma angústia que te atrapalhe a identificar o que seja necessário alterar. Isso porque, se você já ganhou com a estratégia, terá um apego emocional a ela.

E com isso, será muito difícil para você mexer nela. Tudo na vida precisa de um método. Operar na bolsa nem se fala. Você precisa de dados sobre sua estratégia. E é registrando que se constrói os dados.

A maioria peca nas coisas mais básicas. Não ter um método é um dos maiores erros iniciais. Você simplesmente abre o software e reage às informações que recebe, da bolsa e das plataformas de mídia.

É necessário ter ação e não reação. Cada coisa que acontecer com os preços você precisa ter um plano de ação. Dependendo do ativo, os preços podem oscilar muito o tempo todo, e agir no meio disso pode ser aterrorizante.

Há ordem no meio do caos. Mas ela surge em apenas alguns momentos, transfigurada em padrões. Quem vive tomado pela ansiedade do que ocorre a cada instante, não consegue descobri-la.

Há riquezas no ato de fazer um pouco todos os dias. Você as alcança com determinação e paciência. São tesouros escondidos. Eles ficam ocultos aos olhos da maioria.

Só um método testado depois de muito tempo é capaz de construir bons patrimônios.

Renan Antunes